Quando qualquer um - seja aonde for - estender a mão pedindo ajuda...
Quero que a mão de A. A. esteja sempre ali.
E por isto eu sou responsável.

UMA IRMANDADE DE LIBERDADE

“... se os homens tivessem garantida liberdade absoluta e não fossem obrigados a obedecer a ninguém, eles então voluntariamente se associariam a um interesse comum... “

Quando eu não vivo mais sob o comando do outro ou do álcool, vivo uma nova liberdade. Quando me liberto do passado e de todo excesso de bagagem que tenho carregado por tanto tempo, eu venho a conhecer a liberdade.

Fui introduzido numa vida e numa Irmandade de liberdade. Os Passos são uma maneira "sugerida" de encontrar uma nova vida, não existem ordem nem comandos em A.A. Sou livre para servir pelo desejo e não por decreto. Há o entendimento de que serei beneficiado com o crescimento dos outros membros, e o que aprendo compartilho com o Grupo.

O "bem estar comum" encontra espaço para crescer na sociedade da liberdade pessoal.

Fonte: Livro “Reflexões Diárias”


Alcoólicos Anônimos Online – Todos os direitos reservados